Vendas brutas da Enjoei (ENJU3) sobem 82% no 2º tri e reforçam otimismo dos analistas; ações sobem potente

Enjoei (Divulgação)

A Enjoei (ENJU3) publicou na noite da última segunda-feira (12) prévia de suas principais métricas operacionais referente ao segundo trimestre de 2021, registrando propagação de vendas brutas de mercadorias (GMV) de 82%.

A taxa de propagação foi subalterno ao primeiro trimestre (subida de 104%), mas contra uma base de conferência muito mais difícil, ressalta o Bradesco BBI.

“Se olharmos para a tendência de dois anos, o propagação acelerou da média do primeiro trimestre de muro de 79% para aproximadamente 87% no segundo trimestre”, avalia o BBI. O GMV de R$ 205 milhões ficou em risca com a estimativa de R$ 210 milhões do BBI, o que coloca a Enjoei no caminho perceptível para executar a estimativa dos analistas de R$ 910 milhões para o ano todo.

As ações ENJU3 registram ganhos posteriormente a divulgação dos dados: às 10h40 (horário de Brasília), a subida é de 4%, a R$ 9,63.

O número de novos sellers cresceu 124% na conferência anual, mantendo o ritmo de propagação de três dígitos do primeiro trimestre de 2021 (subida de 118%). O número de novos compradores aumentou 29% na conferência anual para 181.000 – “esta é uma desaceleração em relação a uma concorrência mais difícil e também está um pouco aquém do nível de aproximadamente 200 milénio novos compradores que vimos nos últimos dois trimestres”, aponta o BBI.

Por término, os itens publicados aumentaram para 3,9 milhões de 2,4 milhões no primeiro trimestre de 2020, um propagação de 61% na conferência anual no segundo trimestre de 2021.

“Vemos isso uma vez que um desempenho sólido, o que prova a capacidade da Enjoei de manter altas taxas de propagação, mesmo com uma base de conferência muito mais difícil. O propagação do GMV está ocorrendo a uma taxa semelhante ao pico da pandemia no ano pretérito e, uma vez que observamos, a tendência de dois anos na verdade se acelerou. Esperamos que o propagação do GMV da Enjoei seja o maior entre nossa cobertura de negócio eletrônico no segundo trimestre de 2021”, destacam os analistas do BBI.

Eles também apontam que os números sobre novos vendedores e estoque – ambos crescendo fortemente – oferecido
que esta é uma superfície que a Enjoei tem direcionado seus esforços recentemente.

“Esta é uma segmento fundamental do processo de invenção do comprador, que em última estudo é o que impulsiona o
GMV. Uma variedade mais profunda fortalece a proposta de valor da Enjoei e a experiência do usuário. O único número que pode ser um pouco decepcionante é o propagação de novos compradores. O propagação claramente nunca iria continuar supra de 100%, mas esperávamos ver o número de novos compradores ficando supra de 200 milénio, em risca com os últimos dois trimestres”, avalia o BBI. Os analistas têm recomendação outperform (desempenho supra da média do mercado) e preço-alvo de R$ 23, uma subida de 148% em relação ao fechamento de segunda-feira (12).

A XP também avalia que o propagação continua, com fortes dados operacionais do segundo trimestre.

“Vemos os dados divulgados uma vez que positivos devido ao sólido propagação anual, mesmo diante de uma potente base de propagação registrada no segundo trimestre, durante o auge da transmigração ao meato online devido a pandemia. Nesse sentido, vemos a desaceleração do ritmo de expansão versus o primeiro trimestre uma vez que esperada, principalmente à medida em que a vacinação avança e os consumidores voltam para as lojas físicas”, avaliam.

A XP mantém recomendação de compra e preço intuito de R$15,0 por ver a empresa uma vez que uma combinação de um caso de tecnologia/propagação e uma ação exposta ao movimento de recuperação da economia.

Quer trabalhar uma vez que assessor de investimentos? Entre no setor que paga as melhores remunerações de 2021. Inscreva-se no curso gratuito “Curso no Mercado Financeiro”.