Startup Rightstars recebe aporte de R$ 2 milhões e lança marketplace jurídico

Após receber aporte de R$ 2 milhões, a startup internacional Rightstars lançou um marketplace jurídico com o objetivo de facilitar e oferecer soluções jurídicas para pessoas que precisam de serviços legais, além de contribuir com advogados que desejam expandir seus negócios. A expectativa é atender 5 mil usuários entre clientes e advogados até o final do ano.

Assine a newsletter EMPREENDA, a nova newsletter semanal da EXAME para quem faz acontecer nas empresas brasileiras

O Marketplace Jurídico da Rightstars usa a tecnologia para que os clientes encontrem o advogado ideal para as necessidades deles e que advogados encontrem clientes que efetivamente buscam pelos seus serviços. Através de um formulário inteligente, o cliente vai passar por algumas etapas especificando a informação necessária para apresentar o seu caso aos advogados registrados.

Na plataforma, o cliente vai contar com suporte para explicar o seu caso da forma mais clara e objetiva possível. Além disso, ele também vai poder escolher a forma que deseja ser contactado pelo advogado e indicar sua disponibilidade financeira. Em até 48 horas após a apresentação do caso, o cliente vai receber uma proposta de um advogado baseada nos requisitos indicados no formulário inteligente.

Outra vantagem para os advogados é que a plataforma vai estimular que as consultas jurídicas sejam sempre remuneradas, contribuindo para a solução de um dos grandes desafios dos profissionais.

“Aprendemos muito sobre o trabalho diário e as necessidades dos advogados nos últimos meses. Temos trabalhado em estreita colaboração com eles para construir nossos novos recursos e tem sido muito bom. Eu, como advogado, realmente entendo o quanto isso significa”, diz Christian Nielsen, CEO da Rightstars.

VEJA TAMBÉM: 

Mercado Pago faz promoção de maquininhas para PMEs

Esta startup faturou R$ 1,5 milhão em seis meses com app que “entrega de tudo”

Mercado Pago faz promoção de maquininhas para PMEs