Rosário do Sul perde Dr. Odilon Amaral Santiago, aos 75 anos

-

- Publicidade -

Faleceu, na manhã desta segunda-feira (8), o legista, professor, ex-vereador e presidente do Legislativo municipal, o Dr. Odilon Amaral Santiago, aos 75 anos, vítima de Covid-19.  O falecimento consternou a comunidade em universal, já que era atuante e participante de várias entidades do município ao longo de várias décadas. Foi decretado luto solene no município por três dias.

Conforme informações dos familiares, ele estava se tratando da Covid-19 havia 10 dias, mas uma vez que sua recuperação estava sendo satisfatória não foi preciso sua internação. Durante a madrugada desta segunda ele acabou passando mal com falta de ar e faleceu por volta de 6h da manhã.

Odilon nasceu em Rosário do Sul em 28 de novembro de 1945 e atuou por grande secção de sua vida na advocacia, mas era atuante nas áreas educacional, social, carnavalesca e política, dentre outras tantas que participou.

Formado Legista em 1982, pelas Faculdades Unidas de Bagé, recebeu sua carteira definitiva da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) sob o número 16.308, em 1983, tendo atuado por quase 40 anos nas causas cível, criminal e trabalhista. Em 2019, foi destaque em reportagem da Publicação de Rosário, quando recebeu da Subseção lugar da Ordem, o Jubilado pelos portanto 37 anos de atuação na advocacia.

- Publicidade -

Na política rosariense foi muito atuante. Vereador por duas legislaturas e duas vezes presidente do Legislativo de Rosário do Sul. Em 1976 foi eleito com 945 votos, sendo o segundo mais votado na sua bancada do MDB. Foi presidente da Câmara em seu primeiro ano da legislatura no ano de 1977. Em 1982 concorreu a vice-prefeito pelo PDT na placa encabeçada por José Noé Sasso. Na estação era verosímil ter duas chapas majoritárias concorrendo a Prefeitura. Odilon e Sasso obtiveram 2.016 votos. Na placa PDT 1, foi vencedora daquela eleição com Glei Menezes de prefeito e Israel Gonçalves uma vez que vice.
Em 1996 voltou à Câmara de Vereadores, ao ser eleito pela segunda vez uma vez que vereador, pelo PDT, com 614 votos. Na legislatura de 1997-2000 foi presidente da Câmara pela segunda vez em 1999. Era consultor jurídico de mais de 10 entidades locais.

Santiago foi director do Programa de Proteção e Resguardo do Consumidor (PROCON) entre maio de 2001 até maio de 2004. Porquê professor por mais de 17 anos, atuou na escola Plácido de Castro, lecionando Contabilidade e por último estava lecionando Legislação. Na dimensão social era membro da Sociedade Recreativa Beneficente União Rosariense (SRBUR), onde foi presidente por três anos. Atuante no Carnaval rosariense foi membro do saudoso “Grupo X” fundado por seu paraninfo Tenente Pinho. O grupo era reduzido, e desfilava nos carnavais de rua da cidade, com sambas que falavam da raiz do carnaval que ele tanto apreciava com sua família e amigos.  Era atuante também no Grupo Palmares e desportista sempre torcedor atuante do Grêmio e também gostava muito do tradicionalismo gaúcho.

O município de Rosário do Sul, através do prefeito Vilmar Oliveira, expediu o decreto 026, datado de hoje, decretando luto solene no município pela perda do Dr. Odilon. O luto solene vale por três dias em reconhecimento público.

- Advertisement -

A OAB também emitiu nota de tarar pelo falecimento do Dr. Odilon. O presidente da Subseção da OAB/Rosário do Sul, Cezar Prevedello expressou à Publicação a perda para a entidade e para Rosário do Sul: “É uma perda muito grande para nós, foi um referencial na advocacia, trabalhou muito tempo na assistência ao consumidor da prefeitura. Sempre foi um varão posicionado ponderado educado fino, de conversa muito boa e conhecimento”, assinalou Prevedello.

Odilon deixa a viúva a professora Jari Félix Santiago, dois filhos e netos.  Os serviços fúnebres foram a função da Funerária Ângelus e o sepultamento ocorreu no Cemitério Municipal São Sebastião depois às 10h30 da manhã desta mesma segunda-feira (8). A família agradece a todos que estão se solidarizando pela inestimável perda.

Foto: Registro / Divulgação

- Publicidade -

Compartilhe

Recent comments