Planejamento, referência de mercado e juridiquês

Amigos da coluna Marketing Jurídico, seguindo nossa temporada de compartilhar o conhecimento dos membros da Comissão Nacional de Marketing Jurídico da ABA (Associação Brasileira de Advogados) da qual orgulhosamente sou presidente, hoje trago três perguntas importantes para minha amiga e membro da comissão Juliana Pacheco.

Coluna Marketing Jurídico: Você sempre fala em seus ensinamentos sobre a necessidade de planejamento para resultados no marketing. Pergunto então:  como alcançar seus objetivos com o marketing jurídico?

Juliana Pacheco: Antes de iniciar suas ações de divulgação dos seus serviços ou conteúdos, é necessário identificar alguns pontos: aonde quero chegar? Quais são meus objetivos? Quem é meu público-alvo? Como e onde me comunicar com ele? Somente após ter clareza nestas respostas é que deve investir em seu marketing de divulgação e relacionamento. Planejar é preciso!

Coluna Marketing Jurídico: Muito se fala em transformar o advogado em referência para depois aplicar ações de marketing. Como então ajudar o advogado a se tornar referência em determinado assunto?

Juliana Pacheco: O marketing de conteúdo jurídico tem como finalidade divulgar seus serviços, experiências e conhecimentos através de conteúdo relevante para o seu cliente ou futuro cliente. Constatando que você é um profundo conhecedor de suas dores e soluções para seus problemas, o seu público-alvo terá você como referência nos temas de seu interesse e irá procurá-lo quando sentir necessidade. Invista em marketing de conteúdo e seja uma autoridade para seus clientes!

Coluna Marketing Jurídico: E aquele escritório que ainda insiste em falar o “juridiquês” com o mercado, mesmo sabendo que isso apenas atrapalha o relacionamento e o entendimento?

Juliana Pacheco: Não basta ser um expert se seu cliente não entende suas mensagens e não o reconhece como tal. Comunicar-se de maneira eficaz é conseguir que seu interlocutor compreenda suas mensagens. Portanto, abandone o juridiquês e use a linguagem do seu cliente para falar com ele!

E aí está a contribuição de nossa amiga Juliana Pacheco. Quer conhecer um pouquinho mais sobre a carreira dela? Acesse um destes links:

Instagram

Facebook

 

LinkedIn

A coluna Marketing Jurídico seguirá dessa maneira, apresentando a opinião e dicas pontuais de nossos membros da Comissão Nacional de Marketing Jurídico. Porém não fique chateado pois essa configuração é só por um curto período e em breve volto ao nosso formato tradicional, respondendo as perguntas dos nossos seguidores, ávidos e curiosos sobre marketing real.

Espero ter ajudado.

Confira toda sexta-feira a coluna “Marketing Jurídico” e envie suas dúvidas sobre marketing jurídico, gestão de escritórios, cotidiano dos advogados empreendedores ou dúvidas gerais sobre o dia a dia jurídico por e-mail (com o título Coluna Marketing Jurídico) que terei um grande prazer em ajudar.

Bom crescimento!