OAB-ES terá seis novos cursos de pós-graduação a partir deste ano

-

- Publicidade -
Cursos de pós-graduação da ESA-ES serão presenciais e devem iniciar em abril, desde que os protocolos de saúde pública permitam. Crédito: OAB-ES/Divulgação

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Espírito Santo (OAB-ES) está nos ajustes finais para anunciar seis novos cursos de pós-graduação que começarão a ser ofertados, a partir deste ano, pela Escola Superior de Advocacia (ESA-ES). Todos os cursos serão ministrados pela ESA, que posteriormente dez anos terá oferta de novas formações para advogadas e advogados da entidade.

“Depois de dez anos estamos retomando a pós-graduação, que será a primeira genuinamente da ESA-ES. Essa está sendo feita por nós, adequando os anseios da advocacia, uma vez que normalmente as opções do mercado são voltadas a quem é formado em Recta. E queremos atender à demanda com cursos voltados para advogados”, atenta o diretor presidente da ESA-ES, Alexandre Zamprogno.

diretor presidente da ESA-ES, Alexandre Zamprogno
Diretor presidente da ESA-ES, Alexandre Zamprogno afirma que serão ofertados cursos também fora da Grande Vitória. Crédito: OAB-ES/Divulgação

Processo Social, Recta do Trabalho e Previdenciário, Recta Eleitoral, Recta Criminal, Recta do Estado e Recta Notarial e Registral serão os cursos que iniciarão a novidade programação da ESA-ES oriente ano. E por serem ministrados pela ESA-ES, que é uma entidade sem fins lucrativos, o valor das mensalidades ficará aquém do que é praticado pelo mercado. A estimativa é que cada turma tenha, no sumo, 70 vagas.

Segundo Zamprogno, para que se concretizassem os cursos, um dos passos foi encontrar uma instituição que os certificasse e assim nasceu a parceria com Faesa e Doctum. “Junto com o planejamento do curso, fizemos uma pesquisa para saber qual a premência de cada região. Ou seja, teremos pelo menos três polos: um no Sul, em Cachoeiro, e dois no Setentrião, em Colatina e Linhares. Mas se outras regiões manifestarem interesse e organizarem uma quantidade mínima de alunos, poderemos realizar uma pós-graduação fora dos principais polos”, observa o diretor presidente da ESA-ES.

- Publicidade -

Com uma fardo horária mínima de 360 horas para cada curso, o projeto pedagógico e a escolha dos professores estão sendo feitos em parceria com a Faesa e a Doctum, duas instituições de ensino de destaque na extensão, que recentemente assinaram parceria com a ESA-ES. “Serão selecionados os melhores nomes do Recta no Espírito Santo para ministrar os cursos, que é tido uma vez que referência de bons professores. Nossos advogados e advogadas terão cursos com qualidade e um valor competitivo”, afirma o diretor da OAB/TV e de Pós-Graduação da ESA-ES, Victor Massante.

diretor da OAB/TV e de Pós-Graduação da ESA-ES, Victor Massante.
Diretor de Pós-Graduação da ESA-ES, Victor Massante: “Serão selecionados os melhores nomes do Recta no Espírito Santo.”. Crédito: OAB-ES/Divulgação

As aulas estão programadas para iniciar em abril e serão presenciais, com todos os procedimentos de higiene e distanciamento social. “Em abril começaremos as aulas, desde que os protocolos de saúde pública permitam. Todas as aulas serão realizadas dentro da Sede da ESA-ES, que possui espaço para receber com segurança os alunos e as aulas serão quinzenais”, observa.

VALOR COMPETITIVO

- Advertisement -

Para o presidente da OAB-ES Jovem, Baltazar Bittencourt, a oferta de cursos pela ESA-ES com um valor mais competitivo é uma grande oportunidade para advogadas e advogados recém-formados, que estão chegando ao mercado de trabalho. É uma chance de poderem buscar uma especialização e se posicionarem no mercado, pagando um valor que se enquadre no orçamento.

“O repto do jovem legista é buscar clientes e a função dessa pós-graduação é ajudar o profissional a ter uma especialização com um valor que caiba no seu bolso. Nessa crise, os jovens advogados sofreram muito e poder racontar com um curso com valores competitivos, será muito importante”, destaca.

presidente da OAB-ES Jovem, Baltazar Bittencourt,
Para o presidente da OAB Jovem, Baltazar Bittencourt, a oferta de cursos com um valor mais competitivo é uma oportunidade para advogadas e advogados recém-formados. Crédito: OAB-ES/Divulgação

Bittencourt afirma que a receptividade tem sido bastante positiva. “Temos compartilhado nos grupos e vemos o interesse dos jovens advogados e advogadas pela pós-graduação que será oferecida pela ESA-ES. Essa era uma demanda que já existia e agora será atendida.”

PÓS-GRADUAÇÃO ESA-ES

- Publicidade -

Quem pode fazer?

Os cursos são destinados unicamente a advogados regularmente inscritos na Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Espírito Santo (OAB-ES).

Quais serão os cursos oferecidos?

Ao todo serão seis cursos: Processo Social, Recta do Trabalho e Previdenciário, Recta Eleitoral, Recta Criminal, Recta do Estado e Recta Notarial e Registral.

De quem será a responsabilidade da pós-graduação?

Os cursos de pós-graduação serão oferecidos pela Escola Superior de Advocacia (ESA-ES) e terão uma vez que certificadoras as instituições Faesa e Doctum, posteriormente convênio realizado com a OAB-ES. As instituições também são parceiras na elaboração do projeto pedagógico e na escolha dos professores.

Qual será o valor das mensalidades?

O valor final está em estudo, mas vai permanecer aquém do preço que é praticado pelo mercado.

Porquê serão as matrículas?

As matrículas estão previstas para o final de fevereiro e início de março. E serão feitas online em uma plataforma a ser divulgada.

Qual será a fardo horária?

A fardo horária mínima será de 360 horas, mas esse tempo pode aumentar de convénio com cada curso. As aulas serão ministradas a cada 15 dias.

Haverá aulas on-line?

Todas as aulas serão presenciais, na sede da ESA-ES. Esse será o diferencial dos cursos. As aulas devem iniciar em abril, com todos os procedimentos de higiene e distanciamento social, desde que os protocolos de saúde pública permitam.

Haverá cursos para os advogados do interno?

Está sendo elaborada a possibilidade de levar os cursos também para dois polos fora da Grande Vitória, um no Sul (Cachoeiro) e dois no Setentrião (Linhares e Colatina), onde provavelmente serão realizados em uma subsede localizada em cada região. Mas se outras regiões manifestarem interesse e organizarem uma quantidade mínima de alunos, poderão ser organizados cursos fora dos polos.

Natividade: diretor presidente da ESA-ES, Alexandre Zamprogno e diretor da OAB/TV e de Pós-Graduação da ESA-ES, Victor Massante

Se você notou alguma informação incorreta em nosso teor, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido provável

- Publicidade -

Compartilhe

Recent comments