novo valor do gás de cozinha a partir de HOJE

Um item básico que está trazendo muita dor de cabeça para milhões de brasileiros em 2022 é o gás de cozinha. Justamente por isso o Governo Federal chegou a criar um auxílio específico para ajudar as famílias mais pobres. 

Contudo, finalmente chegou uma boa notícia para a população. A Petrobras anunciou um novo valor no gás usado nas cozinhas do Brasil inteiro. Confira todos os detalhes e entenda esses novos preços. 

Saiba mais sobre a redução do valor do gás de cozinha em 2022 (Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br)

Novo preço gás de cozinha – Petrobras

Primeiramente, desde a última segunda-feira (12) está confirmada a mudança essencial no bolso de milhões de brasileiros. 

A saber, a Petrobras anunciou um novo preço no gás de cozinha que vai chegar diretamente à população. 

Isso acontece porque esse valor atinge o gás vendido em botijão, ou seja, aquele usado na hora de cozinhar. 

De acordo com nota da Petrobras, essa diminuição nos preços está de acordo com a evolução dos preços de referência. Ou seja, a ideia é buscar um equilíbrio com os preços de mercado e manter um bom valor para os brasileiros. 

Veja também: Como faço para solicitar o Vale-Gás? Todos podem RECEBER o auxílio de R$ 120,00?

Qual é o novo valor do gás de cozinha?

De acordo com a Petrobras, está confirmada a redução no preço do gás de 4,7% no valor do gás liquefeito de petróleo (GLP). 

Em outras palavras, as distribuidoras vão passar a ter os seguintes preços:

  • De R$ 4,23 por quilo para R$ R$ 4,03 por quilo; 
  • Equivalente a R$ 52,34 por botijão (de 13kg). 

Isto é, as distribuidoras terão um desconto interessante em comparação com o preço atual. 

De acordo com especialistas, isso quer dizer que uma diminuição do preço vai acontecer para o consumidor final. 

Preço do gás de cozinha para o consumidor – Setembro

Finalmente, depois da redução dos preços pela Petrobras, a grande dúvida é como vai chegar o valor para a população. 

Ou seja, como vai ser o preço do gás de cozinha para o consumidor final?

De acordo com matéria do G1, há um mês atrás a média do botijão era de R$ 111,57 no país. Nesta época, o valor de referência da Petrobras era de R$ 54,94. 

Ou seja, se o desconto for proporcional, o botijão de gás continuará acima de R$ 110 neste mês. Ainda assim, é necessário aguardar os valores nacionais. 

11 dicas: veja como ECONOMIZAR no gás de cozinha!

Com o valor que o gás de cozinha atingiu fica difícil conseguir pagar pelo serviço todos os meses. Por esse motivo, é importante tentar economizar o produto para conseguir fazê-lo durar mais tempo. Seguindo algumas dicas simples, o cidadão pode fazer com que seu botijão de gás dure um pouco mais todos os meses.
Assim, as recomendações para esticar a vida útil do produto fazem parte de três grandes áreas, ou seja, manutenção do fogão, equipamentos mais eficientes e técnicas de cozimento. Veja a seguir algumas formas de realizar esse processo de maneira eficaz.

Para ter um produto que seja capaz de evitar o consumo exacerbado é necessário mantê-lo sempre com todas as peças em ordem. Assim, quando você mantem as bocas do fogão limpas é possível obter uma chama mais forte, que é o caso da azul. ,
É muito importante também realizar uma vistoria frequento na mangueira do botijão. Isso porque vazamentos podem não só gastar o produto como também evitar acidentes.

Usando um item simples é possível também melhorar a quantia de gás utilizado. Esse é o caso das panelas de pressão. Ao utilizá-las é possível cozinhar os alimentos mais rápido logo, com menos gás.
Outro equipamento simples que pode ser utilizado a seu favor são as tampas. Use-as sempre em suas panelas para diminuir a perda de calor e então efetuar o processo mais rápido.

A primeira técnica utilizada há muito tempo pelos antigos para economizar gás é evitar a abertura da porta do forno. Isso porque ao não abri-la, é possível reduzir a quantidade de gás necessária para chegar ao ponto do alimento. Use a iluminação interna para ver a situação do cozimento.
Usar o vapor da panela é também uma possibilidade de economizar, podendo realizar dois cozimento de uma só vez.
Usar a boca correta do fogão é de extrema importância. Assim, as bocas grandes são utilizadas para realizar processo em utensílios maiores. Passá-las para panelas pequenas pode ser ocasionar um grande desperdício.
Outras opções utilizadas para realizar esse processo de econômica é cortar alimentos para causar pedaços menores, planejar o uso do fogão e também cozinhar preparar várias refeições de uma vez.

Como se inscrever para receber o Vale-Gás

O Vale-Gás é um benefício que foi criado com o objetivo de auxiliar financeiramente a parcela da população mais carente e que pode ter tido problemas para comprar esse item essencial de cozinha por conta da alta do preço do botijão.

Para receber, as famílias devem cumprir os requisitos do programa, os quais são ter renda mensal per capita familiar de até, no máximo, meio salário mínimo, o que se equivale a R$ 606 ou, então, ter ao menos um membro familiar que seja beneficiário do Benefício de Prestação Continuada (BPC/Loas).

Além disso, outro requisito é possuir um cadastro atualizado no Cadastro Único, visto que é por meio das informações presentes neste cadastro que o Governo Federal consegue identificar e selecionar as famílias para receber as parcelas.

No mês de agosto, por exemplo, foram cerca de 5,6 milhões de pessoas beneficiárias. É importante destacar que a quantidade de pessoas incluídas na folha de pagamentos depende dos recursos que a União possui para fazer os pagamentos. Assim, deve-se dizer que o beneficio é um dos que sofreram alterações com a PEC ‘Kamikaze’ e que, por isso, teve um aumento nas parcelas.

Com isso, os repasses, que continuam sendo bimestrais, serão de R$ 110 até o mês de dezembro, quando as alterações da PEC perdem a validade, não só no caso do Vale-Gás, como também de outros benefícios, como o Auxílio Brasil, que hoje em dia está com parcelas de R$ 600.

Assim, para se inscrever para receber o Vale-Gás basta ter uma inscrição no CadÚnico, já que a inclusão das famílias que possuem cadastro na folha de pagamentos do benefício acontece de forma automática segundo os critérios necessários. Para se cadastrar no CadÚnico, é preciso eleger um responsável familiar no cadastro, que tenha o título de eleitor, CPF, mais de 16 anos e more no mesmo endereço do restante da família.

É preciso apresentar, no ato de inscrição, os endereços pessoais de membros familiares, que podem ser o CPF, Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento, Carteira de Trabalho, Titulo de Eleitor, RG ou outros documentos pessoais. A inscrição é feita no CRAS mais próximo do endereço da família.

Como dito, o benefício continua a ser pago bimestralmente, o que significa que em setembro não haverá repasses relativos a ele. Porém, as parcelas voltam em outubro e, como já se sabe, ele é pago nas mesmas datas do Auxílio Brasil. Com isso, quem recebe os dois benefícios pode contar com o depósito de R$ 710 na conta do Caixa Tem.

O calendário de pagamentos de outubro já está disponível para consulta, caso não haja antecipações nas datas do pagamento. Dessa maneira, você pode conferi-lo abaixo:

OUTUBRO

Auxílio Brasil + Vale-Gás

  • 18/10 – Final de NIS 1
  • 19/10 – Final de NIS 2
  • 20/10 – Final de NIS 3
  • 21/10 – Final de NIS 4
  • 24/10 – Final de NIS 5
  • 25/10 – Final de NIS 6
  • 26/10 – Final de NIS 7
  • 27/10 – Final de NIS 8
  • 28/10 – Final de NIS 9
  • 31/10 – Final de NIS 0

A ALTA do gás de cozinha

O estado de Santa Catarina apresentou uma queda, de acordo com a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), em todos os combustíveis. Aliás, quase todos. Isso porque o gás de cozinha, ou o GLP, teve uma alta pela terceira  vez consecutiva levando em consideração as últimas semanas. Isso reflete em um preço de R$ 123,78.

Vale lembrar que na última semana o valor médio foi de R$ 121,62. Isso significa que na nova avaliação a alta foi pouco menor do que 2%, mas ainda assim contraria os últimos anúncios da Petrobrás relativos à redução de R$ 2,60 no preço do botijão quando ele é repassado para as distribuidoras.

Além disso, uma pesquisa da ANP chegou a encontrar botijões sendo vendidos por R$ 160, um valor acima da maioria dos estados do país. Isso porque o valor médio nacional é de cerca de R$ 113. Por outro lado, o menor valor do botijão que se encontrou no estado de SC foi de R$ 93.

Já tanto a gasolina quanto o etanol tiveram reduções em seus preços. Os consumidores puderam abastecer os seus veículos com preços mais baratos do que na semana anterior. Os dois combustíveis caíram em R$ 0,06 centavos e, com isso, passaram a custar R$ 4,97 e R$ 4,61.

Auxílio gás não pode ser pago a mais de 10 milhões de famílias?

O Vale-Gás foi pago em agosto para cerca de 5,7 milhões de beneficiários, os quais receberam as parcelas com os valores atualizados de R$ 110. No entanto, há cerca de 16 milhões de famílias que possuem o direito a receber o auxílio mas que, contudo, não conseguem. Isso acontece porque a PEC ‘Kamikaze’ que autorizou o aumento das parcelas do benefício não determinou uma nova quantia de beneficiários na folha de pagamentos e, com isso, muitas pessoas podem ficar de fora.

O que ocorre é que os pagamentos são feitos de acordo com os recursos da União disponíveis para aquela modalidade de benefício social, não sendo possível abranger todas as famílias às vezes, por mais que elas possam se enquadrar nos critérios para o recebimento.

Por conta disso, é necessário aguardar na fila de espera, muitas vezes, como é o caso do Auxílio Brasil, por exemplo, que pode aumentar sua folha de pagamentos, mas que ainda possui milhares aguardando receber.

Vale pontuar que a PEC não modificou as regras para estar apto a poder ser beneficiário do vale-gás. Neste sentido, podem receber famílias com renda mensal de até R$ 606, em outras palavras, meio salário mínimo nacional, ou que tenham membros familiares que sejam beneficiários do BPC/Loas – Benefício de Prestação Continuada -.

Fogão de indução (Fogão a gás ou de indução?)

Os cooktops e os fogões por indução ficaram populares por alguns motivos. Além de ajudarem a criar um espaço na cozinha, por não ocuparem o mesmo espaço de um fogão tradicional, eles também são responsáveis por reduzir a perda de calor e também a chance de a pessoa se queimar. Por outro lado, exige que panelas especiais sejam utilizadas.

Os cooktops elétricos por indução, quando comparados aos fogões por indução, apresentam uma maior oferta de tipos de modelo no mercado. Vale a pena destacar que o aparelho por indução pode apresentar como vantagens a maior segurança, já que as suas bocas esquentam pouco, ou nem mesmo esquentam, em alguns casos.

Além disso, no caso da indução, não há fogo, isso porque a geração de calor para cozimento ocorre por meio de ondas eletromagnéticas. Sendo assim, como as panelas são especiais, elas, que são aquecidas pelo campo magnético, não perdem o calor. Dessa maneira, as panelas precisam ser de aço inox com um fundo triplo ou serem de ferro fundido.

Veja também: Tamanho da fila de espera do VALE-GÁS é revelada: Quando vou receber?