Novo Corolla Cross sem camuflagem

-

- Publicidade -

O Novo Toyota Corolla Cross foi visto rodando sem camuflagem em São Paulo, onde aparentemente estava passando por uma sessão de imagens para a campanha de lançamento. Flagrado por @denis_schmidt e divulgado pelo via @overboostbr. Aliás, oriente ocorrerá no dia 11 de março.

Já sendo produzido em Sorocaba, interno de São Paulo, o Corolla Cross surge com visual similar ao do padrão tailandês, lançado no ano pretérito.

Novo Corolla Cross sem camuflagem - Lançamento em 11 de março

- Publicidade -

Na imagem, o novo crossover da Toyota aparece na versão Hybrid com tecnologia flex, sendo assim o mesmo conjunto usado no Corolla, feito em Indaiatuba.

Com visual significativo, o Corolla Cross se mostra sob o sol possante do Brasil com faróis full LED escurecidos, grade preta e rodas esportivas. Observando a capote para proteção solar, dá para notar o teto solar panorâmico franco.

Tendo vincos acentuados, o crossover mostra uma face mais jovem e descolada em relação ao conservador Corolla, enquanto as colunas C largas reforçam a robustez do resultado.

- Advertisement -

Novo Corolla Cross sem camuflagem - Lançamento em 11 de março

Já as lanternas de LED retilíneas elevadas e a traseira com para-choque pronunciado aumentam mais o volume da carroceria, passando a sentimento de um coche grande.

Tendo 4,460 m de comprimento, 1,825 m de largura, 1,620 m de profundeza e 2,640 m de entre-eixos, usando a mesma base do C-HR, que agora se sabe ter sido usado uma vez que mula durante um bom tempo para a geração do Corolla Cross.

Pesando entre 1.325 kg e 1.385 kg (lá fora), o Corolla Cross tem 440 litros no porta-malas com a presença do estepe, sendo que sem ele, o volume aumenta para 487 litros no mercado internacional.

- Publicidade -

Novo Corolla Cross sem camuflagem - Lançamento em 11 de março

Na mecânica, o conjunto híbrido flex 1.8 Dual VVT-i de até 101 cavalos com motor elétrico de 72 cavalos, permitirá até 123 cavalos de potência combinada. A transmissão transaxle CVT possibilitará uma boa média de consumo.

Espera-se ainda o uso do motor 2.0 Dynamic Force do Corolla, entregando 169 cavalos na gasolina e 177 cavalos no etanol, além do câmbio CVT Direct Shift com 10 marchas. Na Ásia, ele usa o motor 1.8 de 140 cavalos, que foi usado cá no Corolla anterior.

[Fonte: Overboostbr]

 

- Publicidade -

Compartilhe

Recent comments