Notícias de Franca e Região

-

- Publicidade -

Registo

Prefeito Alexandre Ferreira discursa em protesto de donos de bares e restaurantes


Enquanto o Estado de São Paulo deve anunciar nesta quarta-feira, 10, uma período que restringe até serviços essenciais, um decreto publicado pelo prefeito Alexandre Ferreira (MDB) no Quotidiano Solene do Município permite o funcionamento de bares, shoppings, salões de formosura e vários outros seguimentos ainda na período vermelha.


 


O prefeito entrou na Justiça para que Franca permanecesse na período laranja do Projecto São Paulo, mas o pedido foi rejeitado na tarde dessa terça-feira pelo desembargador Artur Marques. Depois da decisão, Alexandre se reuniu com empresários que protestavam em frente à Prefeitura e anunciou o novo decreto. 


 

- Publicidade -


“A gente tem que entender o sofrimento das pessoas que precisam trabalhar. Esse é o sentimento que nos fez que entrássemos na Justiça contra a decisão do governador, mas infelizmente derrubaram nossa liminar. Vamos publicar um decreto novo reorganizando as porcentagens e uma vez que vai ter que trabalhar. Assim não corremos risco. Nem eu por improbidade administrativa, nem vocês, para poderem trabalhar sem riscos desnecessários”, disse Alexandre ontem. 


 


Fica permitido logo o funcionamento dos seguintes estabelecimentos:

- Advertisement -


 


A atividade de transacção, bares, restaurantes, shoppings, galerias, trailers e food trucks, com ocupação máxima de 20%, respeitando-se o distanciamento social, recomendando-se sempre que verosímil o sistema de drive-thru e take away, das 5h às 20 horas;


 


As atividades de escritórios, empresas no segmento da advocacia, contabilidade, imobiliárias, corretagem de seguros, empresa de tecnologia, salões de formosura, cabelereiros, barbearias, manicures, esteticistas, pedicures, depiladores e maquiadores, recomendando-se sempre que verosímil o “agendamento individual”, de modo que a circulação interna não cause aglomerações, 5h às 20 horas;

- Publicidade -


 


As academias desenvolverão suas atividades com ocupação máxima de 15%, recomendando-se sempre que verosímil conduzir suas aulas ao ar livre, respeitando-se o distanciamento social entre as pessoas, das 5h às 20 horas;


 


A ocupação máxima dos templos religiosos fica fixada em 30% de sua capacidade no período entendido das 5h às 22 horas;


 


As atividades realizadas através do sistema “delivery” deverão funcionar das 5h às 22 horas.

- Publicidade -

Compartilhe

Recent comments