Navalny é transferido para penitenciária, diz legista – Notícias

-

- Publicidade -


O líder opositor russo Alexei Navalny, que estava em prisão preventiva desde janeiro, foi transferido nesta quinta-feira (25) para um multíplice penitenciário universal da Rússia, segundo informou seu legista, Vadim Kobzev.


Leia também: Justiça russa confirma pena do opositor Alexei Navalny

- Publicidade -


“Navalny foi transferidos por “etapirovanie” (comboio de transferência de presos) da prisão preventiva número 1″, informou Kobzev pelo Twitter.

- Advertisement -


A transferência ocorre depois a justiça russa ter rejeitado no dia 20 de fevereiro o recurso apresentado pelos advogados de Navalny contra a pena de três anos e meio de prisão ditada contra o opositor por um idoso caso de fraude e lavagem de verba.


Comboio para a prisão

- Publicidade -


Porquê é tradição, o recluso, assim uma vez que a família e os advogados, não saberá o seu novo rumo até a desfecho da transferência.


Os condenados na Rússia costumam ser transferidos durante dias ou semanas em comboios especiais, processo publicado uma vez que “etapirovanie” e que é muito criticado pelos defensores de direitos humanos.


A transferência pode perseverar semanas ou até mesmo meses, já que as distâncias na Rússia podem chegar a milhares de quilômetros, motivo pelo qual os presos fazem paradas e são colocados em prisões preventivas especiais espalhadas por toda a geografia penitenciária pátrio.



Durante nascente processo, os reclusos são mantidos incomunicáveis, enquanto que a lei não obriga as autoridades a notificarem as famílias sobre o paradeiro até chegarem ao novo rumo.


A líder do grupo de punk rock Pussy Riot, Nadya Tolokonnikova, foi mantida incomunicável durante 26 dias a caminho da região siberiana de Krasnoyarsk.


Porquê ficou em prisão preventiva desde que foi suspenso ao voltar da Alemanha, em 17 de janeiro, e também cumpriu dez meses de prisão domiciliar, Navalny deverá executar pouco mais de dois anos e meio de prisão.

- Publicidade -

Compartilhe

Recent comments