Ministério envia ofício à Petrobras para convocar plenário e substituir ‘mentor’ Castello Branco | Empresas

-

- Publicidade -

O ministro de Minas e Pujança, Bento Albuquerque, enviou ofício ao presidente do recomendação de gestão da Petrobras para que convoque uma Parlamento Universal Extraordinária (AGE) para substituir Roberto Castello Branco uma vez que mentor da companhia, além da avaliação da indicação do general Joaquim Silva e Luna. A empresa confirmou o recebimento.

Além de presidente da Petrobras, Castello Branco também ocupa o missão de mentor da estatal. O executivo foi eleito uma vez que mentor, no ano pretérito, pelo processo de voto múltiplo, segundo o qual os votos são distribuídos “por cabeça” pelos candidatos.

Conselheiros e advogados da Petrobras discutem uma vez que fica a situação de Castello Branco uma vez que presidente da companhia. Se renunciar ou for destituído da função executiva pelo recomendação, ele pode ser substituído interinamente por um diretor da petroleira ou até por um mentor.

Mas também existe a possibilidade que Castello Branco permaneça no missão até o termo do procuração, em 20 de março.

- Publicidade -

Um mentor disse que criou-se uma situação “esdrúxula” uma vez que o recomendação de gestão tem reunião marcada para terça-feira, quando iria se examinar a recondução de Castello Branco para mais um procuração uma vez que presidente da empresa.

O mentor disse que a empresa “vai sangrar” e que na AGE há risco de mobilização de investidores para aumentar o número de minoritários no recomendação em detrimento da União.

O maior ativismo dos investidores pode se dar justamente pelo entendimento de que o presidente da República está interferindo indevidamente em uma empresa de capital sincero.

- Advertisement -

Hoje a relação no recomendação da Petrobras é de sete indicados pela União para quatro conselheiros eleitos em separado do controlador: três pelos minoritários e um pelos empregados.

Na AGE essa relação poderia passar a ser de seis conselheiros indicados pela União para cinco eleitos em separado do controlador, sendo quatro pelos minoritários e um pelos empregados.

- Publicidade -

Compartilhe

Recent comments