MIGALHAS nº 5.040

-

- Publicidade -

Segunda-Feira, 15 de fevereiro de 2021 – Migalhas nº 5.040.
Fechamento às 09h27.


Registro

Migalhas anuncia que, a partir de hoje, conta com mais um Promotor:

(Clique cá)


“Não é o bárbaro que nos ameaço, é a cultura que nos apavora.”

- Publicidade -

Euclides da Cunha

País armado

Em edição extra do DOU da última sexta-feira, Bolsonaro assinou um pacote de decretos que regulamentam o Regime do Desarmamento. As novas disposições ampliam a facilidade para compra e registro de armas. (Clique cá)

- Advertisement -

Editorial

O cidadão de muito, uma vez que dizem, já poderia comprar armas. Bastava ir à loja, não ter antecedentes criminais, esperar o registro e trancá-la em lar. Os migalheiros vão ter histórias para relatar sobre isso, envolvendo desgraças familiares ou de conhecidos. Mas duvidamos que terão, com raríssimas exceções, qualquer relato de alguém que usou a arma para impedir qualquer assalto. O decreto presidencial, além de facilitar a compra, traz outro objetivo ali marchetado. E vindo na véspera dos festejos momescos, é um verdadeiro carnaval da arma. Vejamos. Permite-se agora que aquele que tem registro de CAC (Colecionador, Atirador ou Caçador) possa se transferir para o lugar de tiro ou caça com a arma municiada, levando ainda outra arma para proteger a primeira. Antes, a arma só poderia ir sem munição no gatilho. Outra mudança capciosa é a que trata do trajeto entre a lar do cidadão e o clube de tiro ou lugar de caça: entende-se agora uma vez que “qualquer trajecto”. Ou seja, o Indiana Jones tupiniquim pode ir dos Jardins, em SP, para o clube de tiro na Vila Mariana, passando pelo Rio de Janeiro. Enfim, o que se fez na prática é liberar a posse de armas. Ninguém duvide, as brigas de trânsito, acaloradas uma vez que são entre nós latinos, acabarão em morte. Reunimo-nos em sociedade e atribuímos a certas autoridades o poder de – não havendo selecção – ceifar a vida de um semelhante. Se acharmos que qualquer um de nós pode fazer isso, estaremos perto da barbárie. Durma-se, migalheiro, com esse torcida. (Clique cá)

“Tragédia de Piedade”

Zero é por possibilidade, observa a atenta migalheira. De vestimenta, abriu-se esta edição com Euclides da Cunha para recordar uma desgraça envolvendo armas e a literatura. O dia em que o responsável d’Os Sertões foi morto com um tiro.


- Publicidade -

Big Brother?

No grupo do Telegram de procuradores da Lava Jato, Deltan Dallagnol sugeria que os colegas “checassem” os passos de Cristiano Zanin, legista de Lula. Por uma informação obtida de uma vizinha de Zanin – de que sua esposa havia viajado a Genebra – Dallagnol conclama os integrantes da força-tarefa a checar países e destinos do legista. (Clique cá)

Rogatório

Até 23 de fevereiro, os ministros do STF julgam ação questionando cancelamento de precatórios por instituições financeiras. A ministra Rosa Weber, relatora, já se manifestou. Para S. Exa., a disposição é inconstitucional, pois imprime um tratamento mais oneroso ao credor. (Clique cá)

ICMS

O STF retoma julgamento da discussão sobre a possibilidade de exclusão do ICMS da base de conta da Imposto Previdenciária sobre a Receita Bruta (CPRB). Acerca do tema, ouçamos as advogadas Cristiane Ianagui Matsumoto e Nayanni Enelly Vieira Jorge, do Pinho Neto Advogados. (Clique cá)

Máscaras em presídios

Em plenário virtual, o plenário do STF restabeleceu a obrigatoriedade do uso de máscaras por trabalhadores dos estabelecimentos prisionais e de cumprimento de medidas socioeducativas. A medida havia sido vetada por Bolsonaro em julho do ano pretérito. Por unanimidade, os ministros frisaram a prestígio da medida para a contenção da covid-19. (Clique cá)

Localização – Celulares

STF decidiu, em plenário virtual, que a lei de RO que obriga operadoras de telefonia a fornecerem informações sobre a localização de aparelhos de clientes à polícia judiciária estadual é inconstitucional. Prevaleceu o entendimento do relator Marco Aurélio. (Clique cá)

Glória a Mendes no Supremo

Ministro Gilmar revogou a prisão domiciliar de Marcelo Crivella, ex-prefeito do RJ. (Clique cá)

Arquive-se

A Justiça do RJ encerrou questionário que investigava os apresentadores do Jornal Vernáculo, William Bonner e Renata Vasconcellos. O procedimento havia sido simples a partir de notícia-crime apresentada pelo senador Flávio Bolsonaro, por conta de exibição de reportagem do caso das “rachadinhas”.

Queixa-crime – Lira

Ministro Barroso votou para manter uma queixa-crime contra Arthur Lira e enviá-la para a vara de Violência Doméstica de Brasília. O julgamento em plenário virtual, no entanto, foi suspenso por pedido de vista de Lewandowski. A queixa-crime é movida pela ex-esposa de Lira pelos crimes de injúria e maledicência.

ICMS sobre combustível

Bolsonaro encaminhou ao Congresso um PLC que propõe mudanças no conta do ICMS sobre os combustíveis. Segundo o governo, a intenção é estabelecer uma “alíquota uniforme e específica” – ou seja, um valor fixo e unificado em todo o país – para cada combustível com base na unidade de medida.

Eike Batista

A Justiça Federalista condenou o empresário Eike Batista a 11 anos e 8 meses de reclusão pelos crimes de manipulação de mercado e uso indevido de informação privilegiada (insider trading). Eike também foi sentenciado ao pagamento de multa no valor de R$ 871.108.332,00. Por que será estes 32 pilas finais? Não dava para arredondar?

Brumadinho

Entidades e partidos ajuizaram ação pedindo que o STF garanta aos atingidos pelo rompimento da barragem em Brumadinho, em 2019, a participação “prévia, livre e informada” na negociação entre a Vale e o Estado de MG para convénio de reparação dos danos causados pelo sinistro. Para as entidades e partidos, o processo de negociação descumpriu direitos fundamentais. (Clique cá)

Migalhas dos leitores – Recta ao esquecimento

“A ministra Cármen Lúcia, mais uma vez, arrasou! Recordar Ary Barroso nesse momento não poderia ter sido mais pertinente. Ao lado do sempre lembrado ‘cala a boca já morreu’, essa agora poética referência também será inolvidável. Parabéns, ministra!” Roberta Resende

Jurisprudência do CPC

Estreia hoje a poste “Jurisprudência do CPC“, assinada pela professora Mirna Cianci. Diariamente, a colunista vai examinar jurisprudência, fruto de pesquisa efetuada junto ao TJ/SP e STJ, tendo por objeto a estudo de decisões proferidas dentro do quinquênio de vigência do CPC. Também serão destacados os dispositivos que sofreram modificação em relação ao diploma revogado e verificado se havia, a reverência deles, decisões jurisprudenciais, trazendo uma ilustração representativa no período de 2016 a 2021. Confira texto principiante. (Clique cá)


Apoiadores

Clique cá para saber os festejados escritórios de advocacia e departamentos jurídicos que são Apoiadores de nosso poderoso rotativo Migalhas


Loterias – Aposta

MPF ajuíza ação social pública para que a Caixa se abstenha imediatamente de exigir um valor mínimo nas apostas de loteria, realizadas pela via online, enquanto porfiar a pandemia. Atualmente, o banco exige o valor mínimo de R$ 30 para a realização das apostas. Já nas casas lotéricas é verosímil fazer apostas a partir de R$ 4,50. (Clique cá)

Pitbull – Ataque

Dona de pitbull é condenada por ataque a bicho de estimação alheio. Colegiado da 2ª turma Recursal dos Juizados Especiais do DF entendeu que o proprietário de bicho responde pelos danos causados quando houver negligência no obrigação de guarda. (Clique cá)

Mercê previdenciário

A 13ª câmara Cível do TJ/PR condenou um banco que descontou contratação de cartão de crédito de favor previdenciário de uma consumidora que acreditou estar realizando empréstimo consignado. Para o colegiado, ficou evidente a má-fé da instituição nos descontos no favor. O escritório Cardoso Ramos Advocacia atua no caso. (Clique cá)

Marcas

Pepsico deve apresentar comprovantes de artes e impressões das embalagens e respectivos anúncios das marcas Cheetos e Toddy para aferição de supostas alterações nas peças artísticas. A decisão é da 8ª câmara de Recta Privado do TJ/SP ao atender pedido de uma dependência de artes, defendida pela carteira Silva Matos Advogados. (Clique cá)

Tratamento – Cancro

Projecto de saúde terá de reembolsar paciente em mais de R$ 6 milénio pela compra de medicamento importado para tratamento de cancro. O responsável iniciou o tratamento com um medicamento vernáculo, porém a fabricação dele foi suspensa. A decisão é da juíza de Recta Lizianne Marques Limitado, de SP. Os advogados Fernanda Giorno e Rodrigo Lopes (Lopes & Giorno Advogados) patrocinam a desculpa. (Clique cá)

Incêndio

Uma concessionária de virilidade terá de remunerar pelos danos ocasionados em residência de consumidora depois religar a virilidade. Segundo a inquilina, a tentativa de instalação na residência desencadeou pane no sistema elétrico, causando incêndio no imóvel. Decisão é da juíza de Recta Cláudia Longobardi Campana, da 8ª vara Cível de Santo Amaro/SP. O escritório Tadim Neves Advocacia atua pela consumidora. (Clique cá)

Concurso público

Enfermeira que perdeu o prazo para sua nomeação depois seu nome não constar na lista de aprovados consegue testificar a suplente de vaga. Decisão é da 4ª câmara de Recta Público do TJ/SP por considerar que a nomeação não foi feita com a devida publicidade. O escritório Agnaldo Bastos Advocacia Especializada atua pela enfermeira. (Clique cá)

Startups

O Senado deve votar, nos dias 23 e 24 deste mês, o marco lícito das startups e do empreendedorismo inovado. O legista Rafael Brunati Pereira da Silva (Silveiro Advogados) explica que o projeto de lei tem uma vez que escopo principal remover obstáculos ao desenvolvimento do empreendedorismo no país, mormente em áreas marcadas pela inovação tecnológica. (Clique cá)

Violação

No Piauí, a advogada Izadora Santos Mourão foi encontrada morta dentro de seu quarto. Segundo a OAB/PI, o violação foi cometido em virtude do treino da profissão. (Clique cá)

Migas

1 – TJ/SP – Prefeitura terá de erigir muro em quadra escolar para moderar sonido. (Clique cá)

2 – TJ/BA julgará constitucionalidade de lei sobre gravação de licitações. (Clique cá)

3 – SP – Atacadista de pescados não precisa recolher ICMS. (Clique cá)

4 – PR – Pai consegue licença-paternidade no mesmo molde da licença-maternidade. (Clique cá)

5 – PR – Justiça manda projecto custear implante de dispositivo cardíaco em bebê. (Clique cá)

6 – CE – WhatsApp deve reativar conta mercantil de empresa. (Clique cá)

7 – DF – Faculdade é condenada por oferecer pós-graduação em Recta defasada. (Clique cá)

8 – Justiça do DF mantém proibição ao uso de canudos e copos de plástico. (Clique cá)

9 – Câmara – PL propõe quota de transexuais em empresas ligadas ao Poder Público. (Clique cá)


Migalhas

O lugar para ver e ser visto é !


Migalhas Contratuais

Professora Marília Pedroso Xavier examina com próprio destaque o primeiro acórdão que se tem notícia que referenciou o contrato de namoro. (Clique cá)

Olhares interseccionais

Para a juíza do Trabalho substituta Wanessa Mendes de Araújo, se em pleno 2021 ainda não dispomos de meios tecnológicos capazes de extinguir de mentes as memórias indesejadas, não é menos verdade que, no país, a possibilidade de esquecimento também não encontra guarida no ordenamento jurídico vernáculo,. (Clique cá)

Leitura Lícito

A Percentagem de Narcóticos da ONU, acatando também a recomendação da OMS, aprovou a reclassificação da cannabis sativa da listagem de narcóticos considerados impróprios para o varão e abriu espaço para sua utilização médica, exclusivamente. O promotor de Justiça reformado Eudes Quintino de Oliveira Júnior aborda o uso medicinal da maconha. (Clique cá)


Eventos online – A hora é agora!

Questões Atuais de Recta Penal e Processual Penal“, dia 23/2, das 9 às 12h30. (Clique cá)

Pontos polêmicos dos 5 anos de vigência do CPC/15“, dia 5/3, das 9 às 12h. (Clique cá)


Responsável Vip Migalhas

Se já era bom ser migalheiro, agora ficou ainda melhor. Você já conhece a seção Responsável Vip Migalhas? Agora você pode ter seu perfil de responsável em posição de destaque no maior portal jurídico do país. Clique cá e confira mais detalhes.


Trabalhista

O ministro de Estado Gerente da Mansão Social tornou pública, no último dia 21, minuta de decreto que regulamenta disposições relativas à legislação trabalhista. Para os advogados José Eymard Loguercio, Luciana Lucena Baptista Barretto e Antonio Fernando Megale Lopes, da carteira LBS Advogados – Loguercio, Beiro e Surian Sociedade de Advogados, a minuta de decreto constitui um novo “museu de grandes novidades”. (Clique cá)

Vacinação obrigatória

O legista Tadeu Henrique Machado Silva, do escritório Rayes & Fagundes Advogados Associados, trata da recente decisão do MPT em tornar verosímil a dispensa do funcionário que se recusar a tomar a vacina contra covid-19 e o impacto na relação de serviço. (Clique cá)

Vacinação obrigatória – II

Do escritório Lima & Londero Advogados, o legista Marco Antonio Lima, escreve sobre o posicionamento do MPT quanto à possibilidade de rescisão do contrato de trabalho, por justa desculpa, nos casos de recusa do empregado em vacinar-se. (Clique cá)

Recta ao esquecimento

Diante da tese fixada pelo STF de que o recta ao esquecimento é incompatível com a Constituição, a advogada Rachel Leticia Curcio Ximenes, do escritório Celso Cordeiro & Marco Aurélio de Roble Advogados, fala uma vez que a LGPD e as novas formas de mourejar com os dados e sua proteção impactam diretamente no que diz reverência ao recta ao esquecimento. (Clique cá)

Estado de Recta

Para o legista Antonio Araldo Ferraz Dal Pozzo, do escritório Dal Pozzo Advogados, não se constrói um Estado de Recta sem o Judiciário e o Ministério Público, “dois pilares essencias da Justiça, naturalmente coadjuvados pelas outras carreiras jurídicas e a própria advocacia”. (Clique cá)

Banco Medial do Brasil

Na última quarta-feira, a Câmara aprovou o PL que prevê a autonomia para o Banco Medial. A advogada Marcela de Mello Pedreiro, do escritório Godke Advogados, traz algumas ponderações e explica a diferença entre autonomia e independência. (Clique cá)

CARF

Os advogados Fernando Loeser, Priscila Regina de Souza, Bibianna Peres e Juliana Abraham, do escritório Loeser e Hadad Advogados, comentam entendimento do CARF que reconhece que a indemnização realizada pelo tributário, antes de qualquer procedimento fiscal, é sim forma de extinção da obrigação tributária para fins de emprego do instituto da denúncia espontânea e encolhimento de penalidades. (Clique cá)

Novidade lei de licitações

Para a advogada Mariana Mello Lombardi, do escritório Barretto & Rost Advogados, se sancionada a novidade lei universal de licitações, “a previsão lícito finalmente sanará a premência de maior segurança jurídica para milhares de empresas que atuam nesse protótipo de contratação pública, mas que dependem, muitas vezes, da estudo do Judiciário e dos tribunais de contas para solucionar divergências sobre aspectos básicos da contratação”. (Clique cá)

Processo penal

Mesmo com todos os entendimentos contrários ao convénio de não persecução penal, o instituto se faz uma boa opção ao infrator da lei, muito uma vez que é completamente conciliável com a novidade temporada do ordenamento jurídico brasílio, segundo a advogada Ana Carolina Pelágico, do escritório Santos Perego & Nunes da Cunha Advogados Associados. (Clique cá)

Pena de morte

A humanidade deve manter a pena de morte? Abordando alguns aspectos históricos, Luiz Flávio Borges D’Urso e Luiz Eduardo Filizzola D’Urso, do escritório D’Urso e Borges Advogados Associados, trazem profunda reflexão sobre o tópico. (Clique cá)


Apoiadores

Clique cá para saber os festejados Apoiadores de Migalhas


Compramos seu rogatório!

precatorios.migalhas.com.br


WhatsApp Migalhas

Receba notícias direto no seu celular.

Clique cá para se cadastrar.


Novo Promotor

Migalhas vem contando com o pedestal de institutos, editoras, faculdades, associações e empresas de eventos para trazer sempre vantagens aos leitores. São os Fomentadores do Recta brasílio. Temos o privilégio de anunciar que Migalhas conta a partir de hoje com a participação de mais um Promotor do Recta:

A OneIT é uma empresa de TI especializada em suporte técnico e soluções para pequenas e médias empresas. Atualmente conta com equipe de técnicos em todas as regiões de SP, o que permite um atendimento rápido e dinâmico. Com mais de 10 anos no mercado ajudando empresas, a OneIT tem muita experiência e isso ajuda a buscar e definir as melhores soluções de TI para a premência e momento do negócio dos clientes. Principais serviços oferecidos pela OneIT: suporte técnico de informática; contrato mensal de suporte; serviço avulso de informática; soluções de armazenamento de dados e backup na nuvem para empresas; soluções de aproximação remoto seguro para empresas (soluções em modalidade / home office); cabeamento estruturado; e desenvolvimento de sistemas e sites. Clique cá e conheça o novo Promotor de Migalhas.


Marketing Jurídico

Dia 24/2, às 17h, a Editora Migalhas realiza o lançamento virtual do e-book “Marketing Jurídico“, escrito pelo colunista Alexandre Motta, técnico em marketing jurídico, consultor e sócio diretor do Grupo Inrise. Participe! (Clique cá)

Migalhas dos leitores – Falecimento René Ariel Dotti

“Gênios não morrem! Viram estrelas. Desde 11/2/2021 temos mais uma no fundamento: Prof. Dr. René Ariel Dotti.” Ronaldo Tovani

Falecimento

Faleceu ontem, aos 71 anos, o desembargador Aristóteles Lima Thury, presidente do TRE/AM, vítima da covid-19. O magistrado estava internado em São Paulo desde o início do ano. Thury formou-se em Recta pela Universidade Federalista do Amazonas em 1976 e ingressou na magistratura em 1980. (Clique cá)

Baú migalheiro

Em 15 de fevereiro de 1564, há 457 anos, Galileu Galilei nasceu em Pisa, Itália. Foi um astrônomo, filósofo, matemático e físico que esteve intimamente relacionado com a revolução científica. Eminente varão do Renascimento, mostrou interesse por quase todas as ciências e artes (música, literatura, pintura). Suas conquistas incluíram o aperfeiçoamento do telescópio, grande variedade de observações astronômicas, a primeira lei do movimento e um pedestal determinante para o copernicanismo (astronomia). Foi considerado uma vez que o “pai da astronomia moderna”, o “pai da física moderna” e o “pai da ciência”. (Compartilhe)


Sorteio

A obra “O Recta dos Homoafetivos à Família (CRV Editora – 146p.), de Fábio Camargo de Souza, tem o objetivo de examinar o reconhecimento da união sólido homoafetiva enquanto família. O réplica é cortesia do responsável. (Clique cá)

Direto da Redação: Ao responsável, nosso muito obrigado pelo réplica que engrandece a livraria desta Redação.

Novidades

Uma visão ampla e atual do Recta do Trabalho. Na obra “O stress no meio envolvente de trabalho“, da Thomson Reuters – Revista dos Tribunais, a autora Maria José Giannella Cataldi trata de temas que envolvem as relações de trabalho, a ambiência laboral e a saúde mental do trabalhador. (Clique cá)

Editora Mizuno lança duas obras de peso na superfície empresarial: “Recta Empresarial – 3ª edição” e “Recuperação de Empresas e Falência“, ambos de autoria de Suhel Sarhan Júnior. Confira! (Clique cá)

A CAMES acaba de lançar o e-book “Implantar Mediação e Arbitragem“, que explica em quatro passos uma vez que o legista pode encetar a oferecer de inopino a mediação e a arbitragem no seu escritório de advocacia, potencializando os retornos do escritório. Aliás, também esclarece uma vez que a carteira pode se tornar parceira da Câmara, que possui plataforma eletrônica exclusiva e unidades espalhadas por todo o país. (Clique cá)

Migalhíssimas

O professor Clèmerson Merlin Clève (Clèmerson Merlin Clève – Advogados Associados) integrou a Percentagem Próprio para avaliação do memorial descritivo para o concurso de professor titular apresentado pelo professor Abili Lázaro Castro de Lima. A percentagem foi composta também pelos professores titulares José Antônio Peres Gediel, Romeu Felipe Bacellar Fruto e Vivian Cristina Lima Lopes Valle. Contou também com a presença do professor Sérgio Said Staut Júnior, diretor do setor de Ciências Jurídicas da UFPR. Ao final, o candidato foi legalizado na resguardo, recebendo o título de professor titular. (Clique cá)

Encontram-se abertas as inscrições para a pós-graduação em “Recta Social e Processo Social”, da UNAERP, na modalidade EAD, sob a coordenação do professor Olavo Augusto Vianna Alves Ferreira, procurador do Estado de SP, e do juiz de Recta Carlos Eduardo Montes Netto. Até dia 19/2 com desconto. (Clique cá)

O escritório Gaia Silva Gaede Advogados divulgou informativo esclarecendo sobre a portaria que permite negociar débitos federais não pagos em razão da pandemia. (Clique cá)

Gestão de escritório de advocacia

Dias 18 e 19/2, das 19 às 22h, acontece a 5ª edição do “Curso de Gestão de Escritório de Advocacia”, realizado pela Radar – Gestão para Advogados e ministrado por Samantha Albini. Profissionalize sua gestão, desde a estratégia, passando pelas principais ferramentas de gestão que lhe trarão muito mais produtividade, qualidade, destreza e lucratividade. (Clique cá)

Processo do Trabalho

AASP realiza o curso online “Atualidades no Processo do Trabalho”, dias 22 a 24/2; 1º a 3/3. Participe! (Clique cá)

Qualificação

Estão abertas, até 26/2, as inscrições para o “Curso preparatório para qualificação uma vez que Solicitor no Reino Unificado e País de Gales”, promovido pelo Grupo BARBRI. (Clique cá)

Projecto de marketing jurídico

Guilherme Barbosa, CEO da 3MIND, traz texto apresentando 10 erros que o legista não deve cometer em um projecto de marketing jurídico. (Clique cá)

Convênio

O BuscaJur possui softwares e serviços para atenderem a todo tipo de premência dos advogados individuais, escritórios de advocacia e departamentos jurídicos de empresas na sua gestão lícito. Confira o convênio com a CAA RN. (Clique cá)

Prática trabalhista nos tribunais

A procura da advocacia trabalhista de sucesso exige um comportamento cada vez mais proativo em contextura recursal. Não basta que a secção se limite a reiterar os argumentos já expostos nas peças introdutórias (petição inicial e queixa). Tem que ter um enfrentamento direto e minucioso contra os termos da fundamentação da sentença de origem. Por isso, você, uma vez que um efetivo “expert”, tem que fazer dissemelhante e, por isso, fica a dica deste brevíssimo vídeo explicativo gravado pelo professor Ricardo Calcini (Ricardo Calcini | Cursos e Treinamentos). (Clique cá)

Sortudo

Sorteio de obra: O ganhador da obra “Medidas Coercitivas Atípicas e o Processo Cooperativo (Lumen Juris – 174p.), de Lidia de Melo de Souza, é Jaime Cesar Ribeiro Lopes, de São Gonçalo/RJ. (Clique cá)


Fomentadores

Clique cá para saber todos os Fomentadores do Migalhas


Migalhas também é cultura!

Monteiro Lobato | Joaquim Manuel de Macedo | Padre Antônio Vieira | Luís Roberto Barroso | Joaquim Nabuco | Paulo Bomfim | Lima Barreto | Olavo Bilac | Bernardo Guimarães | Camilo Fortaleza Branco | Aluísio Azevedo | Bastos Tigre | Rui Barbosa | Machado de Assis | Euclides da Cunha | Eça de Queirós | José de Alencar

Clique cá e acesse mais títulos


Mural Migalhas

Sempre que se procura uma cidade no site Migalhas, procurando-se um correspondente jurídico, e não se encontra, o sistema nos avisa e, ah, nasce uma oportunidade. Ei-la inferior, atualizada diariamente: é o rol de cidades nas quais há emergente premência de um profissional, mas não há, ainda, nenhum migalheiro cadastrado:

BA/Itatim
CE/Viçosa do Ceará
GO/Itajá
GO/Leopoldo de Bulhões
PA/Bragança

Se você quer se candidatar para eventualmente atender quem procura, clique cá.


Migalhas Clipping

CartaCapital
“O antiBolsonaro”

IstoÉ Moeda
“Gestão de resultado”

Veja
“A vida depois da vacina”

IstoÉ
“O mistério da vacina Russa”

Quadra
“A lar da discórdia”

The New York Times – EUA
“Trial’s Spectacle Over, Biden Sets Agenda In Motion”

The Washington Post – EUA
“Acquittal widens divide in GOP”

Le Monde – França
“En Birmanie, la révolte d’une génération”

Corriere Della Sera – Itália
“Governo, i sette punti del programma Draghi murado una moratoria tra i partiti”

Le Figaro – França
“Sciences Po: une institution dans la tourmente”

Clarín – Argentina
“Carlos Menem, el peronista que le puso su nombre a una dezena”

El País – Espanha
“El independentismo refuerza su mayoría pese a la victoria del PSC”

Público – Portugal
“Há zonas do país onde o pedestal cevar do Estado já não dá resposta”

Die Welt – Alemanha
“Deutsche Politik diskutiert über den Osterurlaub”

The Guardian – Inglaterra
“No 10 resists Tory demands for end to lockdown by May”

O Estado de S. Paulo – São Paulo
“Home office deixa um em cada cinco escritórios sem inquilino”

Folha de S.Paulo – São Paulo
“Disputa de Bolsonaro e Doria prejudica oito projetos em SP”

O Orbe – Rio de Janeiro
“STF tem 377 julgamentos parados por pedidos de vista”

Estado de Minas Gerais – Minas Gerais
“Pequenas cidades padecem com a falta do auxílio”

Correio Braziliense – Brasília
“Pesquisadores da UnB correm para identificar variantes de vírus no DF”

Zero Hora – Porto Feliz
“Criminalidade cai mais em cidades atendidas por ações do RS Seguro”

O Povo – Ceará
“Camilo anuncia chegada de novas doses da CoronaVac”

Jornal do Commercio – Pernambuco
“Estado prepara um novo hospital de campanha”

- Publicidade -

Compartilhe

Recent comments