Em novo documentário, advogados de Depp chamam Kate Moss para convencê-la a testemunhar no julgamento

No novo documentário Discovery+, Johnny vs Amber: o julgamento dos EUAos advogados de Johnny Depp aparecem ligando para Kate Moss para convencê-la a testemunhar.

O documentário, que estreou no Discovery+ na terça-feira (20 de setembro), conta a história interna do julgamento que foi transmitido em todo o mundo e visto por milhões nas mídias sociais.

Depp processou Heard em US$ 50 milhões por supostamente insinuar que ele abusou dela em um editorial Washington Post em 2018. Embora ela não o nomeasse, ela disse que o artigo afetou sua capacidade de trabalhar.

Heard entrou com um processo acusando Depp de fazer uma suposta “campanha difamatória” contra ela e descrevendo seu próprio processo como uma continuação de “abuso e assédio”.

A nova série documental inclui acesso íntimo aos advogados, especialistas jurídicos e jornalistas de Depp, com o primeiro de dois episódios investigando o lado de Depp da história.

A certa altura, a equipe de Depp – incluindo Camille Vasquez – aparece chamando Moss, com quem Depp namorou entre 1994 e 1998.

“Eu esperava que pudéssemos convencer Kate Moss a testemunhar, mas tudo que eu sabia sobre Kate indicava que ela provavelmente não faria isso, porque ela é uma pessoa muito reservada e não tem nada a ganhar testemunhando”, disse Vasquez à Associated Press. .

Ele é então mostrado ao telefone com Moss ou com a equipe do modelo, dizendo: “Qualquer pergunta que eu possa responder, se puder obter sua confirmação o mais rápido possível amanhã, basta me enviar uma mensagem”.

No final, Moss testemunhou, aparecendo no julgamento por vídeo em março para negar a alegação de Heard de que Depp a empurrou escada abaixo na década de 1990.

Moss testemunhando no julgamento

(AP)

A modelo afirmou que ela caiu de algumas escadas quando ela e Depp estavam de férias na Jamaica, mas que ele a ajudou na época.

Em junho, um júri considerou que Heard difamou Depp em todas as três acusações e concedeu a ele US$ 10 milhões em danos compensatórios e US$ 5 milhões em danos punitivos.

Heard recebeu US $ 2 milhões em danos liquidados, mas não em danos punitivos.

Durante uma aparição recente no programa Discos da Ilha Deserta na BBC Radio 4, Moss explicou à apresentadora Lauren Laverne por que decidiu testemunhar. “Eu sei a verdade sobre Johnny. Eu sei que ele nunca me jogou escada abaixo. Eu tinha que dizer essa verdade”, disse ele.