em meio a pandemia, Jacó Coelho constrói prédio de 7 andares e exibe “resort office” – Jornal Hora Extra

-

- Publicidade -

Secretário Universal da OAB construiu uma sede com sete andares, mas abre discussão para os demais advogados trabalhar de vivenda ou aglomerar trabalho e diversão

O secretário universal da OAB/Goiás, legisperito Jacó Coelho, soltou nas redes sociais deste sábado uma discussão sobre o novo padrão de trabalho chamado Anywhere office: sítio de trabalho com lazer, em qualquer dia e lugar.

O debate proposto é resultado da segunda série da sequência da revista Veja que exibiu em fevereiro reportagem sobre  “porquê as empresas estão monitorando os funcionários” .

Jacó exibiu um debate de uma “granja alugada”, em uma Repercussão Ville. O legisperito sócio-fundador, em 20 de anos, exibe uma carteira extensa de trabalho, tendo a Caixa Econômica Federalista e um aglomerado de seguradoras porquê exclusivamente dois de seus principais clientes, se consolidou, nos cinco anos na diretoria da OAB, porquê um dos maiores empresários da advocacia de Goiás, com centenas de advogados empregados e contratados e uma estrutura distante da veras de grande secção da advocacia. A vivenda plana no setor dos funcionários deu lugar ao um multíplice de “sete pavimentos” no setor Oeste, bairro superior da capital.

ilustração: Secretário Universal inaugura sede com sete pavimentos
- Publicidade -

Ao tempo que empresas são falidas e outras buscam recuperação, porquê é o caso da Borges Landeiro, escritórios porquê o de Jacó Coelho tem apanhado certa Subida. De claro, o trabalho do escritório é bom e o sócio fundador aparenta boa índole profissional: o resultado não poderia ser outro. A sátira que é debatida no seio da advocacia é que, em plena queda da economia (4% em 2020), com advogados precisando de auxílio emergencial da CASAG e profissionais sem oportunidade de serviço, o secretário Universal da OAB constrói um prédio de sete andares e exibe a possibilidade dos advogados acumularem trabalho, isolamento e diversão. Portanto, a disparidade criticada não é pessoal – evidente que a subida de qualquer legisperito (ainda mais porquê resultado de fatores de tempo, trabalho e merece respeitada e reconhecida) – mas o problema é político: a OAB estaria sendo dirigida e corre longe de saber a dificuldade dos advogados que estão na ponta.

 

DIMINUIÇÃO DA ANUIDADE

- Advertisement -

Na mesma semana em que um cenário provável a poucos de “trabalho e diversão” veio porquê proposta e debate proposto por Jacó Coelho, advogados protocolaram pedido de redução de anuidade da OAB.

Legista André Abrão pede redução da anuidade da OAB e diz que diretoria vive fora da veras da advocacia

O legisperito André Abrão foi um dos interlocutores da medida de redução da anuidade. Segundo o legisperito, existem milhares de profissionais em Goiás que estão sentindo o efeito da pandemia. O pronunciamento da OAB por meio da solução 07/2020 permite a mudança de calendário e a redução da anuidade, sendo precedente existente em outros Estados. André Abrão afirmou que existem muitos advogados de “balcão”, de porta de enxovia, recém formados que estão sentido o efeito da pandemia, sem que a seccional Goiás tenha realizado zero por esses profissionais.

Os questionamento de André Abrão faz sentido, vez que em momento em que advogados lutam para remunerar o aluguel de seus escritórios e suas moradias, o secretário universal, sem proteger a redução da anuidade apresenta uma veras adversa.

Jacó Coelho ficou distante do debate da redução da anuidade e do fechamento das atividades da CASAG.

- Publicidade -

Compartilhe

Recent comments