Contribuintes de Toledo podem destinar secção de seu IRPF à campanha lícito – Jornal do Oeste

-

- Publicidade -

Teve início nesta segunda-feira (1ª) o período para os contribuintes declararem o imposto de renda de pessoa física (IRPF). Até 30 de abril os interessados na ação em Toledo podem destinar secção deste valor para as entidades que desenvolvem projetos voltados à política de promoção, proteção, garantia e resguardo dos direitos da garoto e do jovem por meio da “Campanha Permitido”.

Organizada pelo Juízo Municipal dos Direitos da Petiz e do Jovem (CMDCA), a iniciativa recebe o escora da Prefeitura de Toledo, da Associação Mercantil e Empresarial de Toledo (Acit), da Associação Profissional dos Contabilistas de Toledo, da Associação Toledana de Prensa (ATI), do Juízo Regional de Contabilidade (CRC/PR), do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado do Paraná (Sescap/PR), do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob/Oeste), da Uniprime – Pioneira do Paraná, da Câmara de Vereadores, da RICTV Record, do Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi/Progresso) e do Sindicato dos Contadores e Técnicos em Contabilidade (Sincoeste). 

Com o objetivo de estimular os contribuintes a comunicarem aos seus contadores o libido de ajudar entidades filantrópicas que realizam um importante trabalho para o público infanto-juvenil em situação de vulnerabilidade socioeconômica do município, a Campanha Permitido arrecadou R$ 742.132,65 em 2020, valor 9,38% maior que o do ano anterior (R$ 678.496,66). Nascente montante foi verosímil a partir da destinação de empresas que fizeram levante procedimento a partir do “lucro real” (1% do totalidade) ou de pessoas físicas que realizaram sua enunciação na modalidade “completa” (6% do valor devido por quem aderiu até 31 de dezembro de 2019 e 3% daqueles que o fizeram entre 1º de janeiro e 30 de abril de 2020).

O prazo do IRPF do ano-exercício 2020 encerra-se em 30 de abril. “Com esses R$ 742 milénio arrecadados até dezembro, trabalhamos com a perspectiva de atingirmos a marca de R$ 1 milhão. Nascente recurso é fundamental para entidades não governamentais manterem seus projetos, adquirirem equipamentos, remunerar colaboradores e realizar reformas pontuais que visam melhorar a qualidade do atendimento oferecido a centenas de crianças e adolescentes de Toledo. Sem esse auxílio, elas dependeriam exclusivamente da promoção de eventos, muitos que não podem ser realizados em virtude da pandemia, e de doações da comunidade, diminuindo o alcance das ações que realizam”, avalia a presidente do CMDCA e coordenadora da Campanha Permitido, Ivone Laguna.

- Publicidade -

Beneficiados

Os recursos arrecadados pela Campanha Permitido são destinados a entidades que cumpram as determinações previstas na Lei Federalista nº 13.019/2014, a qual estabelece normas gerais para as parcerias entre a governo pública e organizações da sociedade social, em regime de mútua cooperação. Em 2020, seis entidades que integram a Rede Municipal de Proteção e Atendimento à Petiz e ao Jovem receberam recursos por meio da Campanha Permitido: Meio Social e Educacional Povoação Infantil Betesda, Meio Assistencial da Diocese de Toledo/Vivenda de Maria, Ação Social São Vicente de Paulo, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Toledo (Apae), Meio Beneficente de Instrução Infantil Ledi Maas Lions e Associação Beneficente de Saúde do Oeste do Paraná (Hoesp) – ao todo, elas atendem 1.142 crianças e adolescentes.

Da Prefeitura de Toledo-PR

- Advertisement -

- Publicidade -

Compartilhe

Recent comments