Associação Nacional dos Advogados Brasileiros inaugura sede no Piauí

A Associação Nacional dos Advogados Brasileiros (ANB) inaugurou nesta terça-feira (20) sua sede oficial no Piauí, localizada na Rua Arlindo Nogueira, nº 510, no centro de Teresina. A ANB possui diretorias em todos os estados e no Piauí é comandada pelo advogado Hermenegildo Ribeiro Alberto, presidente.

O presidente da ANB-PI, Hermenegildo Ribeiro Alberto, comentou sobre esse marco para a associação em solo teresinense e a importância de haver a representatividade para aqueles advogados que não realizaram o Exame de Ordem.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1

Inauguração da sede da ANB em Teresina

“Para começar, a ANB é a Associação Nacional de Advogados Brasileiros e nós existimos em todos os estados do Brasil, mas nossa sede é em Porto Alegre. Nós temos lá o Carlos Schneider, que é o presidente nacional, e em São Paulo temos a vice-presidente, Leonice Vieira. Nós estamos inaugurando essa sede aqui, justamente para atender os advogados que não são inscritos na OAB, que venham se filiar, porque nós entendemos que o advogado é aquele que conclui o curso de direito e aferiu o diploma, assim como é o médico e o engenheiro”, pontuou Hermenegildo.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1Hermenegildo Alberto, presidente da ANB

Hermenegildo Alberto, presidente da ANB

Além disso, Hermenegildo Alberto criticou a Ordem dos Advogados Brasileiros (OAB) que, segundo ele, em 1991, foi extinta pelo então presidente da República, Collor de Melo.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1Evento realizado na sede da ANB

Evento realizado na sede da ANB

“Então, a ANB é essa associação da nova advocacia brasileira. Porque nós entendemos que a OAB não existe de direito, porque ela foi extinta em 1991, pelo decreto de Collor de Melo, número 11/91. De lá pra cá eles ficaram criando o Exame de Ordem, você que já formado em direito, para exercer sua profissão, tem que passar por uma prova que, no nosso entendimento, não mensura as competências, o que mensura a competência é o mercado de trabalho. Hoje damos um pontapé inicial aqui no Piauí, com diversas salas de colegas advogados da OAB, nossos amigos, colegas de fardas, nossa questão é contra a própria OAB, a instituição, que eles continuam praticando esse estelionato jurídico e educacional”, concluiu o presidente da ANB Piauí.