Andressa Urach entra com processo contra a Universal para restaurar R$2 milhões doados

-

- Publicidade -

A padrão Andressa Urach, 33 anos, entrou com um pedido na Justiça para restaurar os mais de R$2 milhões que afirma ter doado à Igreja Universal do Reino de Deus, durante os anos que contribuiu financeiramente com o dízimo, de tratado com informações do Uol. “Que eu consigo provar foram mais de R$ 2,2 milhões. Fora o que dei sem provar, porque não tenho comprovantes”, lamentou nesta quinta-feira, 25.

“Mas confio na Justiça. Meus advogados vão resolver isso. Confio no judiciário brasiliano, na Justiça do Rio Grande do Sul. E que seja feita a vontade de Deus”, completou ela, em entrevista para Antonia Fontenelle em seu meato no Youtube.

Os advogados de Urach se basearam o processo no Código Social, que diz: “Nula é também a doação quanto à segmento que ultrapassar à de que o doador, no momento da liberalidade, poderia dispor em testamento”.

Segundo Andressa, as doações foram em diversos formatos: veículos, joias e até uma transferência bancária no valor de R$ 1 milhão. Os advogados afirmam, em documento enviado Uol, que “Andressa Urach, enquanto leal, acreditou cegamente na termo da igreja e doou à igreja mais de R$ 2.000.000,00 (Dois milhões) de diferentes formas e em momentos diferentes, sendo que na medida que seus recursos foram se esgotando, o aconselhamento e auxílio oferecido pela igreja também”.

- Publicidade -

“Olha, sabe qual é o pior? Eu tive que financiar um sege em 60 vezes porque nem sege eu tenho mais. Eu doei todos para a igreja, a minha Porsche Cayenne, a Land Rover, todos gente. Eu doei todos os meus carros, as joias e as bolsas da Chanel que tinha para a igreja. Na verdade, calculei cá e descobri que o número correto é R$ 2 milhões e pouco. Foi esta quantia que eu doei para a igreja nos últimos 6 anos”, afirmou Urach.

Outrossim, a resguardo afirma que hoje Urach “carece do auxílio de pessoas próximas” para se sustentar.

- Publicidade -

Compartilhe

Recent comments